setembro 2014
segunda
terça
quarta
quinta
sexta
sábado
domingo
02
Início: 21h30
Entrada: R$25
03
Início: 21h30
Entrada: R$25
05
Início: 22h
Entrada: R$35
06
Início: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59

Início: 22h
Entrada: R$35
07
08
Início: 21h30
Entrada: R$20
09
Início: 21h30
Entrada: R$25
10
Início: 21h30
Entrada: R$25
12
Início: 22h
Entrada: R$35
13
Início: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59

Início: 22h
Entrada: R$35
14
16
Início: 21h30
Entrada: R$25
17
Início: 21h30
Entrada: R$25
19
Início: 22h
Entrada: R$35
20
Início: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59

Início: 22h
Entrada: R$35
21
22
Início: 21h30
Entrada: R$20
23
Início: 21h30
Entrada: R$25
24
Início: 21h30
Entrada: R$25
26
Início: 22h
Entrada: R$35
27
Início: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59

Início: 22h
Entrada: R$35
28
29
Início: 21h30
Entrada: R$20
30
Início: 21h30
Entrada: R$25
16/09/2014
Terça

O Casa7, formado por ex-alunos da Universidade Estadual de Campinas, começou como um grupo de estudos de canção popular brasileira. Hoje a banda chegou ao que se esperava: a autonomia. Os integrantes, vindos de São Paulo, Rio e Minas, passaram a compor em constante diálogo, levando adiante e com criatividade suas influências: Elis Regina, Chico Pinheiro, Ivan Lins, Rosa Passos, entre outros.

Nem exageradamente tradicionais, a ponto de serem retrógrados, nem ingenuamente ousados, o que lhes renderia a bandeira de vanguarda. O objetivo e o trabalho do grupo são seguir a linha da sofisticada canção popular brasileira, com arranjos e timbres similares às suas declaradas influências.

Luisa Toller (voz), Caetano Ribeiro (guitarra e violão), Daniel Coelho (baixos elétrico e acústico) e Dhieego Andrade (bateria). Participação especial de Louise Woolley (piano).

Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$25
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
17/09/2014
Quarta

Música brasileira instrumental e standards, com muita improvisação: o guitarrista, violonista e compositor Victor Vasconcelos apresenta suas músicas que fazem parte do seu primeiro CD solo, “Essencia”, bem como músicas que farão parte de seu próximo disco, além de clássicos do jazz e da música brasileira.

Victor nasceu em família de músicos, e começou a aprender e tocar desde os 9 anos de idade. Em Brasília teve aulas com o renomado violonista brasiliense Jaime Ernest Dias. Aos 18 anos mudou-se para São Paulo para aprofundar seus estudos musicais com o renomado Leyve Miranda, de quem é sobrinho. Com Leyve, Victor passa a ter intensa vivência no jazz, acumulando informação e conhecimento sobre o estilo.

Seu disco “Essência”, lançado em 2009, é composto por valsas e canções autorais, todas instrumentais. Este trabalho lhe rendeu boa visibilidade: Victor foi convidado a dar entrevistas para a Rádio Cultura Brasil, Rádio Cultura -FM de Brasília e a Brasilia Super Rádio FM.

Em 2011 foi convidado a abrir o show do renomado violonista flamenco Paco de Lucia no London Jazz Festival.

Victor já se apresentou ao lado de Léa Freire, Itiberê Zwarg e Dona Inah, entre outros.

Com Victor Vansconcelos (guitarra), Marcelo Miranda (piano), Noa Stroeter (baixo), Eduardo Marques (bateria).

Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$25
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15

Chet Baker Sings

O show celebra o trompete e a voz desse ícone do jazz. Chet integrou a banda de Charlie Parker, trabalhou com Garry Mulligan, Stan Getz, Bill Evans. E, além do trompete, tornou-se célebre como cantor, em um estilo peculiar, com voz sussurrada e melancólica.

Na década de 50 Chet lançou seu célebre disco “Chet Baker Sings”, apresentando uma maneira muito pessoal de cantar. O cantor e trompetista gravou, então, uma série de álbuns cantando e tocando seu trompete, consolidando uma carreira marcada pela melancolia e pelo virtuosismo.

O repertório desta noite inclui canções do citado discos, além dos “Embraceable You”, “It Could Happen to You” e “Sings Again”. O público apreciará também algumas músicas do final da carreira de Chet, quando gravou temas italianos conhecidos do público brasileiro, como o clássico “Estate”, que também fez parte do repertório de João Gilberto.

Rodrigo Panassolo (voz e guitarra), Sidmar Vieira (trompete), Alexandre Vianna (piano), Fi Maróstica (baixo acústico) e Digão Brás (bateria).

Horário: das 22h às 23h e das 00h às 01h
Entrada: R$35
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$20
19/09/2014
Sexta

Noite de jazz internacional com repertório autoral e de standards na interpretação do renomado saxofonista estadunidense Alejandro Avilés.

Alejandro nasceu em Nova York e tem ascendência cubana. Faz parte da família registrada no “Guinness Book” como a mais longeva linhagem de músicos em contínua atividade no mundo. Seu bisavô, Manuel Avilés, foi quem fundou, em 1882, a Orquesta Hermanos Avilés, na província de Holguín, Cuba.

É graduado pela Manhattan School of Music e tem mestrado em Jazz and Commercial Performance. Estudou com grandes nomes do jazz americano como os saxofonistas Dick Oatts, Rich Perry e Billy Drewes, e os arranjadores Mike Abene e Manny Albam. Ele já integrou a Henry Mancini Big Band e se apresentou com grandes jazzistas como Kenny Werner, Dave Douglas e Chris Potter.

Alejandro viveu também por três anos em Porto Rico, onde tocou com grandes nomes do latin jazz atual, entre eles, Giovanni Hidalgo, Charlie Sepulveda, William Cepeda, Hilton Ruiz, Jerry Gonzalez, Miguel Zenon, Dave Valentine, além de duas memoráveis performances com os mestres Danilo Perez e David Sanchez.

Sua banda “Alejandro Avilés Latin Jazz Quartet” foi eleita pelo Kennedy Center for the Performing Arts e pelo Jazz at Lincoln Center para representar os Estados Unidos como “Embaixadores do Jazz”. O grupo excursionou por vários países da América Latina conduzindo workshops e concertos de jazz.

Alejandro Avilés (sax alto), Cássio Ferreira (sax tenor), Vinícius Gomes (guitarra), Bruno Migotto (baixo) e Jonatas Sansão (bateria).

Horário: das 22h às 23h e das 00h às 01h
Entrada: R$35
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$20

Um programa para famílias com bebês e crianças pequenas: um show de qualidade, um delicioso Brunch e a casa toda preparada pra receber os pequenos ouvintes.

English

Saturday afternoons are dedicated to please all family members, including children, toddlers and their parents, while listening to some fine jazz. On the menu a brunch, serving from midday onwards.

Horário: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59
20/09/2014
Sábado

O contrabaixista brasiliense Eduardo Belo está radicado desde 2011 em Nova Iorque, onde já tocou com importantes nomes como Claudio Roditi, Kevin Hays, Gregoire Maret, Clarence Penn, Gabriel Grossi e Ted Falcon entre outros.

De passagem pelo Brasil, Eduardo convida instrumentistas de destaque do jazz brasileiro para um show com músicas autorais e de compositores consagrados.

Com Rodrigo Ursaia (sax tenor), Fabio Gouvea (guitarra), Eduardo Belo (baixo) e Edu Ribeiro (bateria).

Horário: das 22h às 23h e das 00h às 01h
Entrada: R$35
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$20

O violonista e compositor Zé Barbeiro é um premiado e reconhecido Chorão tradicional. Sua carreira teve início na década de 1970, em rodas de samba, em que desenvolveu o próprio estilo de tocar. É compositor de mais de 200 músicas representativas de ritmos brasileiros como a gafieira, samba, choro, frevo, baião.

Neste novo projeto, intitulado “O Próximo e o Distante”, Zé Barbeiro dirige uma formação instrumental com músicos de diferentes escolas musicais. Suas composições brasileiras são interpretadas sob influências que vão do jazz à música erudita.

Noite pra dançar em baile com música brasileiríssima, temperada com diversos sotaques e estilos musicais.

Com Zé Barbeiro (violão 7 cordas), César Roversi (sax), Makiko Yoneda (piano), Edu Malta (baixo), Giba Favery (bateria).

Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$20
Lista de desconto: pague somente R$10 de entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
 
23/09/2014
Terça
Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$25
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
 
24/09/2014
Quarta
Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$25
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
26/09/2014
Sexta

O trabalho do mineiro Cristiano Cunha traz elementos cênicos, referências cubanas e jazzísticas, além das identidades mineira e brasileira do artista.

O cantor, ator e compositor, em meio a sua formação em teatro e a um trabalho de pesquisa com o músico cubano Santiago Reyther, descobriu forte afinidade com o “Feeling”: um estilo cubano de música que tem a interpretação como um elemento-chave. Omara Portuondo é um dos ícones cubanos que representa o estilo.

Dessa inspiração nasce o belíssimo disco “Pro fim do inverno”, em que quase todas as músicas são autorais. A produção musical é do pianista cubano Yaniel Matos. O disco tem “um carinho com Cuba”, como explica Cristiano ao reafirmar a identidade brasileira de seu trabalho, ao mesmo tempo em que fala sobre suas referências para compor.

Nesta noite apresenta seu espetáculo com estrutura intimista, que valoriza as canções pelo viés da interpretação, articulando música e cena. Interpretações de músicas de Milton Nascimento e do urugaio Fernando Cabrera, entre outros, juntam-se às composições do disco “Pro fim do inverno”.

Noite brasileira de canção, interpretação e calor!

Cristiano Cunha (voz), José Luiz Martins (piano), Fi Maróstica (baixo), Vitor Cabral (bateria).

Horário: das 22h às 23h e das 00h às 01h
Entrada: R$35
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$20

Um programa para famílias com bebês e crianças pequenas: um show de qualidade, um delicioso Brunch e a casa toda preparada pra receber os pequenos ouvintes.

English

Saturday afternoons are dedicated to please all family members, including children, toddlers and their parents, while listening to some fine jazz. On the menu a brunch, serving from midday onwards.

Horário: 12h - Show: 12h30 às 13h15 e das 14h30 a 15h15
Entrada: R$20. Crianças até 10 anos de idade: gratuito; Entre 10 e 16 anos: R$ 10 (meia); Buffet + show: R$ 59
27/09/2014
Sábado

O Trio Ciclos celebra encontro de três músicos de destaque na cena instrumental paulistana: Edson Santanna, Bruno Migotto e Alex Buck.

Com a formação clássica de um trio de jazz – piano, baixo e bateria – eles apresentam composições próprias e arranjos sofisticados de clássicos do jazz e da música brasileira. O show passa pelo repertório gravado no primeiro disco, lançado em 2012, e faz incursões no que está sendo preparado para o novo disco.

Neste trabalho, os três músicos desenvolvem novas regras para a improvisação, explorando formas, ritmos, sonoridades e timbres para dar origem a uma música criativa, dinâmica e de qualidade inquestionável.

Com Edson Santanna (piano), Bruno Migotto (baixo) e Alex Buck (bateria).

Horário: das 22h às 23h e das 00h às 01h
Entrada: R$35
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$20

Paulo Serau é músico, compositor, arranjador, produtor e pesquisador da cultura popular. É fundador de grupos de música popular brasileira como o Combo Brasileiro, a Turma do Paulinho, a Orquestra Fervorosa, além do projeto que apresenta esta noite, com seus parceiros.

Paulo já trabalhou ao lado de ícones da música popular brasileira como Ângela Maria, Carlos Lyra, Cauby Peixoto, Inezita Barroso, Irmãs Galvão, Dona Inah, João Donato, Doris Monteiro, Claudette Soares, Leny Andrade, Lana Bittencourt, entre outros.

A Bandinha Popular foi criada em 2011, com formação e atuação inspiradas nas antigas bandas de coretos de praças. Para o repertório a inspiração vem dos trabalhos pioneiros de Altamiro Carrilho, Pixinguinha, Zé Menezes e Mario Zan.

Noite de exaltação divertida à música popular brasileira, com clássicos do choro, obras de Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Zequinha de Abreu, Altamiro Carrilho, além de maxixes, valsas e polcas.

English:

Dedo de Moça is a type of pepper and also the name of our Monday nights. Tonight we bring to you Brazilian rhythms, so laughter and dancing can start early in the week.

Bandinha Popular brings back to present a type of reunion that almost no longer exists: people enjoying music on the public squares, were it was common to have a stage (coreto). We’ll have a wonderful time listening to valsa, polca, maxixe and choro. Come dance and enjoy life!

Gustavo Sousa (trompete), Klayber Varela (clarinete), Lucila Ferrini (flauta e flautim), Carol Rangel (trombone), Jefferson Babu (tuba), Cleber Silveira (acordeão), Paulo Serau (violão tenor, direção e arranjos), Luciano Ruas (piano), Alê Cortina (bateria), Pedro Pita (percussão).

Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$20
Lista de desconto: pague somente R$10 de entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
30/09/2014
Terça

A música feita pela cantora moçambicana Lenna Bahule compreende-se no estilo afrojazz. Alguns outros aspectos compõem seu trabalho e dizem sobre a atmosfera de seu cantar: as influências do cancioneiro brasileiro e do jazz, por exemplo; os diversos elementos culturais presentes em sua carreira, como o cantar em várias línguas e o participar de espetáculos que integram diversos ramos das artes, como teatro e dança.

Lenna tem uma vasta experiência como cantora. Integrou formações musicais de estilos variados, como o hip hop, nu-jazz e diversos estilos de música brasileira. Dividiu palco com destacados artistas moçambicanos, como Mingas, Stewart Sukuma e Deodato Siquir, entre outros.

O repertório da noite inclui clássicos da música brasileira e as composições que fazem parte de seu primeiro EP solo, cantado em inglês, português, changana, swahili e siswati.

Com Lenna Bahule (voz), Edson Woiski (bandolim), Kiko Woiski (baixo) e Gabriel Draetta (bateria).

Horário: das 21h30 às 23h30
Entrada: R$25
Lista de desconto: ganhe R$10 consumíveis no valor da entrada (clique para inserir)
Happy Hour: chegando entre 17h e 20h pague somente R$15
INFO
Rua General Jardim, 43
República - São Paulo – Brasil
(mapa)

SEGUNDA A SÁBADO, A PARTIR DAS 11H30
CAPACIDADE; 120 LUGARES

CONTATO E RESERVAS:
tel 11. 3257.4290
jazzb@jazzb.net

FACEBOOK
TWITTER
JAZZNOSFUNDOS
RESERVAS
Para fazer reservas de mesas para os shows envie um email para jazzb@jazzb.net.
Todas as reservas são válidas até 21:15h.

ANIVERSÁRIOS: Comemorações precisam ser informadas pelo email jazzb@jazzb.net ou pelo telefone (11) 3257.4290.

O aniversariante, no dia do seu aniversário, não paga o valor de entrada e ganha de presente um drink da casa durante a noite.

Para comemorações com mais de 10 convidados o aniversariante ganha direito a um convidado grátis.

Para comemorações com mais de 25 convidados, o aniversariante ganha uma garrafa do espumante Freixenet Tournée Brut (para isso basta que os convidados digam na porta que vieram a comemoração).

Mais informações: jazzb@jazzb.net ou (11) 3257.4290.
SUBSCRIBE
Cadastre-se para receber novidades.
SOBRE
Dos mesmos criadores do JazznosFundos, o JazzB surge como um espaço de apreciação musical que conta também um bar bem estruturado, boa gastronomia, café com Wi-Fi gratuito durante todo o dia, amplo menu de cervejas e chopp artesanal.

A casa localiza-se ao lado do Metrô República, no Centro de São Paulo, região que, após décadas de depreciação, renasce como parte importante do eixo cultural da cidade juntamente com o Baixo Augusta.

A arquitetura do espaço é descontraída, moderna, colorida e elegante. O toque especial fica por conta da arquibancada em frente do palco, que convida os espectadores dos shows a se esparramarem confortavelmente para ouvir a boa música. Quem prefere sentar com os amigos à mesa pode contar com ampla visão do palco de qualquer parte da casa.

A programação de shows contará com o selo de qualidade JazznosFundos, clube de jazz localizado em Pinheiros que conta com uma experiência de 7 anos e mais de 700 shows de alto nível, com a participação de grandes músicos brasileiros e internacionais.

Da mesma forma, o atendimento cordial, a originalidade do ambiente e a qualidade do bar e da cozinha fazem parte do DNA do JazznosFundos que está presente no JazzB.

Venha conhecer o novo espaço da boa música no Centro de SP!