Jazz Café

André Mehmari Trio

sexta | 21_07 22h


brasileira

contemplativo

Com muita alegria, o JazzB recebe o André Mehmari Trio. Nesta clássica formação de trio de jazz, liderado por André Mehmari ao piano, com Neymar Dias (contrabaixo) e Sérgio Reze (bateria), o trio traz repertório de composições próprias e recriações de clássicos do jazz e da música brasileira com muito lirismo e virtuosidade.

André Mehmari é pianista, arranjador, compositor e multiinstrumentista e tem se apresentado como solista em importantes festivais de jazz como Chivas Jazz, Heineken Concerts, TIM Festival, Spoleto Festival USA, Blue Note Tokyo e Savassi New York.

Premiado tanto na área erudita quanto na popular, tem suas obras tocadas por grupos como OSESP,, Sujeito a Guincho e outros. Tocou com Milton Nascimento, Sérgio Santos, Guinga, Mônica Salmaso, Toninho Horta, Flávio Venturini Alaíde Costa, Hamilton de Holanda, Gabriel Mirabassi e Ná Ozzetti, entre outros.

Recebeu o prêmio Visa (1998), Revelação Carlos Gomes (2007), Nascente-USP/Camargo Guarnieri e foi compositor residente da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. Em 2008 foi indicado para o Grammy Latino com o álbum ‘Nonada’. Em 2013 foi artista em destaque na temporada da OSESP participando como compositor e instrumentista.

Com André Mehmari (piano), Neymar Dias (contrabaixo) e Sérgio Reze (bateria).

Entrada: R$R$ 45

Ingresso na porta:R$R$ 35 (até 20h) e R$ 45 (porta)

Próximos Shows:

sábado | 22_07 22h

Tributo a Miles Davis por ​Walmir Gil Quinteto

Importante: a compra de ingresso não garante a reserva de mesa. As reservas para este evento estão esgotadas. Se você chegar cedo pode conseguir uma das mesas remanescentes.

Considerado um dos maiores trompetistas brasileiros, Walmir Gil, um dos fundadores da Banda Mantiqueira, vem ao JazzB apresentar seu tributo ao grande Miles Davis. O repertório será variado, com músicas das variadas fases de Miles, tudo com uma pitada do tempero brasileiro. 
Miles Davis (1926-1991) foi sem dúvida um dos mais influentes músicos do século XX. O trompetista participou da vanguarda de quase todos os desenvolvimentos musicais desde a Segunda Guerra Mundial até a década de 1990. Miles participou de várias gravações do bebop e das primeiras gravações do cool jazz. Foi também parte do desenvolvimento do jazz modal e do jazz fusion, que originou-se do trabalho dele com outros músicos no final da década de 1960 e no começo da década de 1970.
Walmir Gil começou a tocar trompa aos 10 anos de idade na banda de música Lira Musical Pedro Salgado, em São Paulo, da qual seu avô, o Capitão PM Sebastião Gil, era regente. Na mesma banda, mudou de instrumento e passou para o trompete. Percorreu o caminho que a grande maioria dos músicos percorre: tocando em bailes, casas noturnas e acompanhando artistas.
Walmir é um dos mais notáveis trompetistas brasileiros. Integrou bandas de consagrados artistas, entre elas a da cantora  ngela Maria, Djavan, Guinga, Gal Costa, César Camargo Mariano, Simone, e Fafá de Belém. Gil também acompanhou artistas internacionais como Anita O’Day, Bobby Short, Natalie Cole, Sadao Watanabe e Benny Carter.
Com Walmir Gil (trompete), Josué dos Santos (sax), Bruno Cardozo (piano), Carlinhos Noronha (baixo) e Cuca Teixeira (bateria).


Entrada: R$45

sábado | 22_07 12h30

Isadora Canto apresenta ‘Vida de Criança’

Programa para famílias com bebês e crianças pequenas: um show de qualidade, um delicioso brunch e a casa em um ambiente preparado para receber os pequenos ouvintes!
 
Feito para pais e filhos ouvirem juntos e identificarem o “amor cantado” que Isadora destaca em suas músicas, o show ‘Vida de Criança’ trata sobre questões reais da infância, sem recorrer apenas ao lúdico e o divertido.  Experiências como o medo do escuro, a dificuldade da criança em transitar da fralda para o penico e a dificuldade de entender o próprio corpo também viraram canção e são refletidos por pais e filhos. ”Quero falar sobre uma infância que existe”, diz Isadora.
 
Com opções minimalistas, Isadora tem a preocupação de não superestimular os pequeninos com muitas cores, barulhos e excessos. Na contramão dessa tendência, suas músicas refletem sobre o contato dos pequeninos com os sons da natureza, os brinquedos artesanais, o reconhecimento do próprio corpo e outras sensibilizações mais naturais e espontâneas.
 
Com Isadora Canto (voz), Camila Lordy (piano) e Bruno Prado (bateria).

Abertura da casa: 12h | Duas entradas: 12h30 às 13h15 e das 14h30 às 15h15.
Entrada: R$25 (a partir de 16 anos), R$ 12,50 (11 a 15 anos), entrada franca (até 10 anos).

Opção de Menu ou de buffet (que é servido das 12h às 16h). 
Buffet: R$45 (adultos a partir de 16 anos, de 7 a 15 anos paga R$ 20,00)
Crianças até 7 anos de idade: gratuito tanto show quanto buffet;


Entrada: R$R$25 (a partir de 16 anos), R$ 12,50 (11 a 15 anos), entrada franca (até 10 anos)

quarta | 26_07 21h

Noite Flamenco Matador | Flavio Rodrigues Trio convida o bailarino Jonas Ruedas

Depois de 18 anos residindo na Espanha, atuando e viajando por mais de 40 países, o multi premiado guitarrista hispano-brasileiro Flavio Rodrigues retorna ao Brasil, trazendo novos conceitos e projetos à cena musical brasileira. Nessa noite especial, além do trio formado por Roberto Angerosa (percussão)​ e Viktor de Lima​ (baixo​)​, teremos também a presença do bailarino Jonas Ruedas!

Juntos o trio interpreta repertório variado, concebido sobre temas originais do seu primeiro disco solo intitulado “Anyway”, algumas composições inéditas, e versões de clássicos da Música Popular Brasileira, passando pelo Jazz e outros estilos.

Elegância, originalidade, e beleza, são definitivamente as marcas registradas desta proposta, que tem encantado crítica e público nos diversos países e salas de concerto por onde passa.

Procedente de uma família de músicos, inicia seus estudos musicais de violão junto ao seu pai, com cinco anos de idade. Com 13 anos, inicia sua carreira profissional e aos 17 anos, participa da gravação do primeiro disco do gênero flamenco, gravado no Brasil - “Al Aire Flamenco”, gravando 2 faixas de sua própria autoria.

Em 1998, realiza sua primeira viagem para a Espanha, fixando residência em Madri, e estudando com 3 grandes mestres da guitarra flamenca: Manolo Sanlúcar, Gerardo Núñez, y Rafael Riqueni.

Trabalhou ou dividiu o palco com grandes nomes do flamenco mundial, como Miguel Poveda, Farruco, Antonio Canales, Manuel Reyes”, entre outros. E com os brasileiros Filó Machado, Yamandu Costa, Nana Vasconcelos etc.

Foi convidado a colaborar em diferentes projetos com grandes artistas de diferentes estilos no panorama internacional como Trilok Gurtu (Índia), Hossam Ramzy (Egito), Yoshida Brothers (Japão), The Savage Rose (Dinamarca).

Com ​Flavio Rodrigues (violão), ​Roberto Angerosa (percussão)​, Viktor de Lima​ (baixo​) e Jonas Ruedas (dança).


Entrada: R$25

1° set: 21h 2° set: 22h30

quinta | 27_07 19h43

Stephan Kurmann Strings (CH)

Com 30 anos de estrada, inúmeros shows e 5 CDs gravados, a Stephan Kurmann Strings virá apresentar-se no JazzB. O grupo suíço começou em 1987 como septeto - saxofone, baixo, bateria e um quarteto de cordas - e evoluiu através dos anos para um noneto, com a entrada de um percussionista e posteriormente de um segundo instrumento de sopro. 
Após uma pausa de alguns anos, a banda retoma às atividades com nova formação, agora em quinteto, com músicos presentes do grupo original:  Adrian Mears (trombone), Adam Taubitz (violino), Daniel Pezzotti (violoncelo), Stephan Kurmann (baixo acústico) e Julio Barreto (bateria). Estes cinco excelentes músicos apresentam um refinado repertório no qual atingem, com espontaneidade e liberdade, a essência das composições.
O contrabaixista, compositor e arranjador Stephan Kurmann nasceu em 1958 em Basel,  na Suíça. Aos vinte anos começou a tocar profissionalmente e ao longo da carreira o músico participou de vários festivais pelo mundo inteiro, tocando com várias lendas do jazz, como Chet Baker, Mal Waldron, Haral Mabern, Lee Konitz, Kirk Lightsey, Steve Grossman e outros. Em 1987, Kurmann finalizou seus estudos na renomada Swiss Jazz School na cidade de Berna e, ao mesmo tempo, tocava na Orquestra Sinfônica "Basel Sinfonietta". 
Os ritmos "calientes" de Cuba sempre exerceram um verdadeiro fascínio no artista que, durante três anos, trabalhou e estudou na ilha de Fidel. Nessa época, Kurmann tocou nos grupos "Cubanismo" e o "Havana Jazz Trio". A grande experiência adquirida ao longo dos anos deu ao músico uma grande intimidade com os mais variados estilos do jazz, que somada a sua expressividade e originalidade como solista, tornou-o um dos baixistas mais requisitados da Europa.
Com Adrian Mears (trombone), Adam Taubitz (violino), Daniel Pezzotti (violoncello), Stephan Kurmann (baixo acústico) e Julio Barreto (bateria).


Entrada: R$35

sexta | 28_07 22h

Marcelo Cigano Quarteto convida Fábio Torres

Marcelo Cigano é autodidata e destaca-se como um dos principais acordeonistas em atividade, obtendo o primeiro lugar em apresentações e concursos. Marcelo virá com seu quarteto apresentar o repertório do seu segundo disco que está em fase de produção. O grupo é formado também por  Vinicius Araujo (guitarra), Glauco Souter (baixo), Luis Gustavo Rocha (bateria) e ainda terá como convidado o pianista Fábio Torres.

Nascido em uma família cigana, Marcelo começou a tocar aos 8 anos de Idade por influência de seu pai também acordeonista. Com versatilidade e virtuosismo Marcelo Cigano transita entre diversos gêneros musicais, desde o samba, choro, forró, bossa nova, tango e jazz. Lançou em 2014 seu primeiro disco, intitulado "Influência do Jazz", com direção musical de Oliver Pellet e participações especiais de Hermeto Pascoal, Toninho Ferragutti, Lea Freire, Thiago Espírito Santo, entre outros.  

Entre shows e gravações, Marcelo já tocou com Joel Nascimento, Isais Bueno, lsrael Bueno, Arismar do Espirito Santo, Guello, Oswaldinho do Acordeon, Nailor Proveta, François de Lima, Fábio Torres, Edu Ribeiro, Arthur Bonilla, Spok Frevo Orquestra, Robin Nolan, Paul Mehling, Jon Larsen, Tcha-Badjo.

Com Marcelo Cigano (acordeon), Vinicius Araujo (guitarra), Glauco Souter (baixo),  Luis Gustavo Rocha (bateria) e Fábio Torres (piano).



Entrada: R$35

1° set: 22h 2° set: 23h45

Lista: com nome na lista os primeiros 15 clientes a chegarem ganham uma cerveja long neck!

sábado | 29_07 12h30

JazzBB com Brasileirinhos de Paulo Bira

Um programa para famílias com bebês e crianças pequenas: um show de qualidade, um delicioso brunch e a casa em um ambiente preparado para receber os pequenos ouvintes!
A apresentação musical “Brasileirinhos - Música para os bichos do Brasil” é um passeio pela fauna Brasileira com canções, histórias e curiosidades sobre animais brasileiros, sempre com leveza e bom humor. Busca cativar as crianças com a graça das canções e despertar sua curiosidade sobre a rica, porém tão ameaçada, fauna brasileira.
O projeto surgiu a partir da série de livros ”Brasileirinhos” (Ed. Cosac & Naify), do poeta Lalau e de sua parceira ilustradora Laurabeatriz, que mostra às crianças mamíferos, aves, répteis e insetos que, a cada ano, infelizmente, integram as listas de animais em extinção em nosso país. O músico Paulo Bira, então, musicou vários desses poemas/bichos no CD homônimo lançado em 2010 que foi um dos 5 indicados ao prêmio Grammy Latino 2010 na categoria “melhor álbum de música para crianças”.
Em 2013, veio a continuação do projeto, Brasileirinhos vol. 2, onde foram musicados mais 16 poemas da mesma coleção, com participações super especiais de Chico César, Ceumar, André Abujamra, Marcelo Pretto, Marco Mattoli, Miriam Maria, entre outros.
As canções falam sobre alguns desses representantes da nossa fauna, ressaltando a personalidade ou alguma curiosidade sobre eles, e convidando o ouvinte a conhecer e se interessar mais pela natureza, pela fauna e, consequentemente, pela ecologia do nosso país.
Com Paulo Bira (violão e voz), Kennya Macedo (voz), Simone Julian (sax, flauta e voz), Edu Diegues (baixo) e Leandro Paccagnella (bateria).

Abertura da casa: 12h | Duas entradas: 12h30 às 13h15 e das 14h30 às 15h15.
Entrada: R$25 (a partir de 16 anos), R$ 12,50 (11 a 15 anos), entrada franca (até 10 anos).

Opção de Menu ou de buffet (que é servido das 12h às 16h). 
Buffet: R$45 (adultos a partir de 16 anos, de 7 a 15 anos paga R$ 20,00)
Crianças até 7 anos de idade: gratuito tanto show quanto buffet;


Entrada: R$25 (a partir de 16 anos), R$ 12,50 (11 a 15 anos), entrada franca (até 10 anos)